Rock in Rio: prós e contras

Não sei se já te falaram, não sei se você não sabe de nada mas estou aqui para falar para vocês sobre o Rock in Rio e minha experiência lá. Minha visão sobre o evento e tudo mais.

Fui no dia 18 (Queen, OneRepublic, The Script e 30 anos de rock in rio)

Mas e o calor?

O clima do Rio de Janeiro é tão imprevisível quanto menstruação desregulada, difícil saber quando vai chover mas também quando faz calor é absurdo. Sexta estava batendo os 34° ou mais e o calor estava absurdo mas eu sinceramente quero beijar quem inventou isso aqui:

image

Lembram daqueles “chuveirinhos” que tinham na praia que vocês apertavam o botãozinho e se refrescavam? Então, não tem como não se refrescar nosso aí. Quem ta na lama é pra se sujar né gente? Aproveite tudo do Rock in Rio, incluindo a chuvinha improvisada, depois o sol seca.

Tirar foto?

Lá tem vários locais feito especialmente para as suas lembranças do RiR

image

image

Não fui a nenhum brinquedo

Mas Nathaly, e o Bloom (aplicado para reservar hora nos brinquedos)? Bom, chegue cedo e garanta o seu lugar na fila dos brinquedos porque se não…
São muitos bluetooth ligados e apesar de ter vários aparelhos para conectar com o bloom criam-se filas, os horários antes do shows acabam bem rápido e aí, torça para que não tenha só horário bem quando sua banda favorita está tocando.
Não cheguei a pegar a pulseirinha mas pelo relato de alguns amigos, até assim estava difícil.

image

Tudo o que consegui da roda gigante foi uma foto

Sobre os preços e as comidas

É, os preços no Rock in Rio sempre foram absurdos, uma água 5 reais é de chorar. Mas tudo o que eu comi lá valeu a pena. Paguei R$10 em uma paleta mexicana, basicamente o preço delas no shopping, R$16 em um hambúrguer só BOBs que realmente valia a pena, não era pequenininho e R$10 em um pastel de frango com requeijão, que era grande e valia bem a pena. Se você souber pesquisar consegue comer “bem” por um preço que convenha (claro que um preço bom para um show, onde tudo é mais caro)

Bebedouro? Boa sorte! Primeiramente tenham o bom senso de não levar uma garrafa de 2L para encher porque a fila fica enorme e demora muito já que a água sai uma miséria, muito pouco! Uma boa tática para conseguir vender água a 5 reais.

A Rock Street tá uma fofura, eu simplesmente amei o tema, enquanto estava na fila do bebedouro pude ouvir bandas tocando e estava ótimo. Tem até um bondinho na Lapa hahahaha

Se você não pagou aquele ônibus do Rock in Rio, desejo mais sorte. BRT ENTUPIDO, fila de 1h30 na alvorada para vir e para voltar pior ainda. Nem quem pegou aquele BRT de 6,80 com pulseirinha se livrou. Faltou uma boa administração do transporte público para um evento desse porte.

E as atrações? Pelo menos no dia 18 foi um show incrível, quem assistiu teve uma boa noção. A abertura com as bandas nacionais tocando as melhores músicas (só fiquei decepcionada queria que Ivetinha cantasse Poeira e não aquela música chata dela que não tem alegria nenhuma), The Script com a baladinha maravilhosa deles me fazendo chorar com “For the first time”, OneRepublic com o vocalista maravilhoso dele dando a vida e arrasando e por fim, sem comentários, o show maravilhosoperfeitofantástico do Queen. E quando se está com amigos então é muito melhor

image

image

image

É isso galera! Vai ou foi em algum dia? Me conta aí! Bom show pra quem vai e muito rock procês!

Anúncios

Um comentário sobre “Rock in Rio: prós e contras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s